São João da FUNDAJ

Cristina Amaral

Se depender da cantora Cristina Amaral, o distanciamento social não vai atrapalhar em nada a festa mais esperada do ano pelo nordestino. O São João na Rede da Fundaj vai levar, no dia 23 e com toda a segurança, o forró, o xote e toda a alegria desta pernambucana de Sertânia e sua banda diretamente para as casas de um público ávido por festa e animação. 

Cristina Amaral não se abala com a situação nova em que todos estamos há pouco mais de dois meses por causa da pandemia do Covid-19. “Se o momento pede adaptação, nos adaptamos! Só não vamos deixar o São João passar batido! Pelo contrário, vamos aproveitar a Internet para comemorá-lo da melhor forma possível, que é em segurança e com muito forró”, diz animada, explicando que a live será transmitida de um estúdio bastante amplo e que contará com uma versão reduzida de sua equipe, que em tempos normais é de 20 integrantes.

O repertório escolhido para a live inclui clássicos de Assizão, Petrúcio Amorim, Maciel Melo, Accioly Neto e o novo single da cantora, “Cercadim”, composto por Flávio Leandro e Olmo Oliveira, lançado em no último mês de abril. “Estou muito feliz em participar deste projeto tão oportuno da Fundaj, que vai conservar a tradição do São João com vários eventos online para que o público curta o melhor da festa em segurança”.

Ao longo de seus 37 anos de carreira, Cristina Amaral gravou sucessos de grandes artistas da MPB como Dominguinhos, Elba Ramalho, Caju e Castanha, Gaby Amarantos, Naná Vasconcelos, Geraldo Azevedo, entre outros. Foi embaixadora dos Direitos Humanos de Pernambuco, Dama do Cais do Sertão e homenageada do São João do Recife em 2017. Em 2018 ganhou os troféus de melhor DVD e melhor cantora de forró no Prêmio da Música de Pernambuco.

Desde que o distanciamento social começou, a cantora vem realizando lives como o projeto Bodega dos Amaral, com o irmão César Amaral, também cantor e violonista, que é uma festa virtual no YouTube onde a dupla apresenta grandes sucessos a um público que vem se firmando a cada dia. Em paralelo à sua carreira no forró, Cristina interpreta também o repertório de Nelson Gonçalves no projeto “Uma Saudade Chamada Nelson Gonçalves”, mostrando que é uma cantora atemporal e que se adapta com a mesma animação de sempre às mudanças que a vida impõe. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *